Magras – Um fato da vida!

Hoje eu me aceito, me amo e sou feliz assim!
Eu nunca tive aptidão para ter um blog de moda e beleza. Acho que na realidade eu não tinha e  agora eu realmente tenho. Já faz um tempo que me preocupo se tenho ou não roupa e se elas combinam comigo e com o que quero passar para as pessoas. E isso é algo que realmente faz todo sentido pra mim, HOJE.
Há um tempinho atrás eu continuava como sou hoje: MAGRA. Tudo bem que hoje em dia ser magra é algo que todos querem e acham o MÁXIMO. Certo minha amiga, seja magra com 46 kilos (que é o máximo de peso que consigo atingir na vida) e use PP, 34 e afins.
Quando eu era adolescente eu só usava camiseta, calça de ginástica e All Star. Jeans para sair de noite e vez em quando um saltinho. Além disso eu tinha várias apelidos super legais: magrela, Olívia Palito, seca, vara de bambu, e por aí vai. Oooo fase!
Hoje em dia eu nem ligo para essa baboseira toda. Mas claro que no meu auge dos 15 anos e todas as minhas amigas com pernas, bundas e seios essa insunuações carinhosas me incomodava um bocadinho (quase nada). Seios? Brasil o que era isso? O que será que elas tomavam na água que lá em casa não tinha?
Independente disso eu sempre fui marrentinha e decidida nessa vida. Se não vem beleza, Deus te da outra coisa né meu bem?
Não pensem que o Blog Caren Sales veio de toda minha intimidade com o Universo Feminino desde sempre. Eu só adquiri esse gosto com o tempo, com idade e com as transformações que a vida nos traz. Por que antes,lá em Malacacheta, eu jogava bolinha de gude e futebol na rua com a molecada. Além de ter um super entusiasmo para jogar vôlei todos os dias da minha vida.
Look do dia? Isso nem passava pela minha cabeça. Roupas? Quando eu achava uma que desse para meu corpinho 34 eram pulos de alegria pelo simples fato de ter encontrado algo que nem era o que eu queria. E depois, lágrimas sem fim pelo preço que eu teria que pagar em um peça tão pequena.
Essa era a saga de ser MAGRA 34. Achar uma calça era um pequeno parto. Lembrando que eu morava no interior de Minas Gerais e tinha que viajar umas 3 horas para achar algo CARO que me servisse.
O tempo já passou e pouca coisa mudou quando o assunto é: VISTO 34! Eu acho roupas SIM, bem mais que antigamente. Mas ainda assim encontro muito dificuldade. Tenho lugares específicos para comprar e fico muito feliz quando um 36 da certo no meu corpo. Em pleno século XXI e com a era do Detox acho que a indústria não está acompanhando essa moda. Já que tem tanto regime, dieta, academia, suco verde e afins ( que eu acho um saco) vamos produzir mais peças 34?
Quem mais aí tem problemas como os meus?
Me contem… quero saber tudooo!
Beijos beijos
Caren Sales
Anúncios

Arroz Doce com crosta de Caramelo

Oiiiii amores.!

A copa já começou… mas as Festa Juninas também.

E já que hoje é SEXXXXXXXXXXXXXTA vamos de receita delícia no blog?

A receita de hoje é uma sugestão de União para aproveitar as Festas Juninas e seus pratos típicos.

Eu simplesmente AMO. Esse ano vou comemorar meu niver com o Arraiá da Caren Sales. Vai ser algo bem simples e super gostoso por que será com minha família e a família do meu namorado que também já é minha. Então vamos fazer alguns pratinhos gostosos e típicos dessa época do ano. Junho é um mês que AMO. É meu aniversário, é Dia dos Namorados, mês de Festa Junina e esse ano tem COPA. “Oooo coisa boua sô!”

Então vamos parar de mimimi e bora para receitinha de hoje?

Arroz Doce com crosta de Caramelo 

_arroz_doce_com_crosta_de_caramelo_blog_caren_sales_uniao

Ingredientes

  • ½ xícara (chá) de arroz Momiji Camil (87,5 g)
  • 3 xícaras (chá) de água (600ml)
  • 1 pau de canela (cerca de 5cm)
  • 1 xícara (chá) de açúcar refinado UNIÃO (160g)
  • 3 e ¾ de xícara (chá) de leite fervente (750ml)
  • 2 gemas peneiradas (cerca de 40g)
  • 2 colheres (sopa) rasadas de amido de milho (16g)
  • ½ xícara (chá) de leite em temperatura ambiente (100ml)
  • açúcar refinado UNIÃO para polvilhar

Modo de fazer

Cozinhe o arroz na água com a canela em fogo brando e com a panela semitampada até secar. Acrescente o açúcar e o leite fervente, misture e espere levantar fervura. Junte as gemas e o amido previamente dissolvido no leite restante e cozinhe, mexendo às vezes, até ficar cremoso.
Despeje nos potes e reserve fora da geladeira, sem cobrir, até esfriar (deverá formar uma película na superfície). Mantenha na geladeira até gelar. No momento de servir, polvilhe com o açúcar e doure com um maçarico culinário.

Rendimento: cerca de 7 porções[

Hummmmm… receitinha com cara de Vó. Amo essas coisinhas que sempre tem na casa delas. Tem coisa mais gostosa que casa de Vó?

Gente… me conte o que acharam da receita de hoje. Achei muito fácil.. não tem desculpa para não fazer né?

Quem fizer alguma receitinha que posto aqui me manda um email que quero postar as experiências de vocês no blog. Ok?
EMAIL: blogcarensales@gmail.com

Um beijo…
CS

Bárbara e os sapatos

Bárbara e os sapatos por Bárbara Freitas

Quando eu era mais nova nunca achava sapatos, meu pé parecia um pão. Não cabia na sandália, na rasteirinha, no chinelo, no tênis… Meu pé chegava a não caber em um tênis! Mas sempre tem uma tia que resolve as coisas. Vinham uns sapatos pra mim lá de Curitiba, que uma parenta de um parente que tinha uma prima que calçava 39/40 comprava em algum lugar. Aí pronto, problema resolvido! Você acha, né?! Nadinha, eu me embelezava, ia para as resenhas e meu pé doía tanto. O pensamento da menina de 12 anos era o seguinte: “Nossa, acho que só pé de mulher gorda dói”. Eu não acreditava que apenas duas horas em cima de um salto fazia o pé doer tanto, é sério.
Passou, de 16 para 17 anos emagreci 20 quilos. Isso não significou que eu estava esbelta, uma Luana Piovani. Significou vestir entre 40 ou 42. Mas… Mas o meu pé continuava doendo! Como já estava mais velha, usava um salto maior ainda e reparava as mulheres dançando, o que para mim significava sem dor no pé. Me lembro de ter ido embora de uma festa de tanto que meu pé doía. Estava com aqueles scarpins, o bico da frente era tão estreito que juntava todos os meus dedos. Nossa, quando cheguei em casa e tirei parecia ter ganhado na Mega  Sena.

sapatos-nao-servem-blog-caren-sales

Novamente o tempo passou, nessa altura do campeonato já estava na faculdade e o pezinho 39? Ia para Monalisa e chegava em casa só o lixo. Depois de um ano morando em Valadares conheci uma mulher que mudou minha vida. Descobri que todos os pés doíam. A Nêga não me fez só descobrir que mulheres magras sentiam as mesmas dores e incômodos que eu, ela me ensinou a ousar mais na maquiagem, diminuir o tamanho da argola, que algumas roupas deveriam ser mais compridas e que o bacana é ser mulher moderna e independente. Me lembro da Nêga dizendo: “Amiga, deixa eu passar um batom em você, mulher tem que andar maquiada”. Enfim, ela ia para a boate com um sapato lindo do salto enorme, gigante e chegava em casa calçada. Isso mesmo, ela não tirava o sapato dentro do carro, como eu faço quando entro nele. Ela diz: “Meu pé pode sangrar, mas tirar o sapato? Gata, jamais…”

como-acabar-com-as-dores-causadas-pelo-salto-alto
Agora eu já descobri o segredo. Todos os pés doem, doem muito, é só você reparar as artimanhas usadas pelas mulheres pra disfarçar, pra aliviar um pouco. Em uma festa, se a mulher meio que dobrar o joelho, andar mais devagar, ficar parada que nem estátua, escorar demais no namorado (esse disfarce é o mais engraçado), sentar e rodar o calcanhar pode começar a rir. O pé dela está sentindo a dor do parto. Até as que dançam a bebida ajuda a aliviar a dor, mas mesmo assim.  Dor nos pés, meu amor, são para todas!

Outlet Lingerie Campinas

Quem aí gosta de uma lingerie?

E de um precinho amigo?

Meninas, a Outlet Lingerie aqui em Campinas tem tudo isso. Preço bacana, peças de ótima qualidade, diversas opções de marcas e cores.

logo

Eu conheci a loja pelo facebook, na realidade a Juliana proprietária da loja me achou e me enviou uma peça super linda. Aí que fiquei super curiosa para conhecer as peças de pertinho. Marquei um dia com a Ju e fui lá fotografar as peças para vocês.

DSC03613

Adivinhem? Fiz compras! Não resisti ao preço/qualidade. Eu sempre compro peças que tem esses dois quesitos juntos. E gente fiquei IN LOVE pela linha básica da Loungerie e comprei uma calcinha de cada cor. O preço? R$14,99 cada calcinha. Fiquei louca…. e levei várias para casa.

Eu sei, estão curiosas para ver as peças lindas e baratinhas né?

Yesss… o nome Outlet Lingerie é verdadeiramente a cara da loja.

Lá tem: Fórum, Loungerie, Valisere, Calvin Klein, Un.i , Gracious, Hope entre outras.!

Vamos ver as peças lindas?

DSC03593

Eu fotografei as algumas que gostei muito, mas por lá tem várias opções legais. Eu tenho certeza que vocês vão amar.

DSC03596

DSC03599

 

Essas são as peças da linha básica que falei para vocês que comprei. Estão com desconto, e são super confortáveis. Eu gosto muito para o dia a dia.

DSC03628

 

Tem peças para as festas de final de ano! O que você quer para 2014? Amor? Paz? Dinheiro?

DSC03634

 

A loja é muito linda e tem opções de pijamas também.

DSC03643

 

Essas peças são super coringa para o verão. In Love por esses conjuntinhos que vendem avulso também!

lingerie

 

A decoração da loja é linda, e o atendimento super TOP.

DSC03626

 

Além de tudo isso vocês podem conhecer a loja e aproveitar para fazer as comprinhas de Natal. Lingerie? Que mulher não gosta né?

Mas fiquem tranquilas que tem opções para os homens também viu?

Vale super á pena conferir de pertinho.

Tem essas peças lindas e muito mais. Duvido que não amaram.

A loja fica na Rua Coronel Quirino, 483 – Cambuí
Tel: (19) 2512.1642
Horário de funcionamento:
Segunda a Sexta das 09h às 18h30
Sábado das 09h às 13h

Eu tenho várias peças da loja e estou super amando.

Se forem visitar me contem! Eu super indico. Achei o lugar de comprar minhas peças que amo.

Beijos beijos

CS