Penso, logo engordo por Bárbara Freitas

“é importante logo no primeiro dia encarar esta palavra de frente: REGIME”

Por Bárbara Freitas

Eu adoro quando fico horas imaginando o que vou comer no fim de semana. É serio! O bacana é que existem estratégias que ajudam a driblar a ansiedade. Exercício físico todo mundo já sabe que é bom, a dificuldade é que o meu corpo grita por comida, e eu dou a ele suco. Ele deseja picanha, e recebe maçã em troca.  Que boa que sou pra ele!

dieta

Vamos lá, é importante logo no primeiro dia encarar esta palavra de frente: REGIME. Não veja a alface como inimiga,salada pode comer a vontade. Conseguiu? Ótimo. Tem mais verdura do que arroz e batata frita no seu prato? Parabéns! Depois disso, passei para o adoçante. Pense que a Juliana Paes com certeza toma adoçante.  Saiu com os amigos, coma! Mas de uma porção enorme de carne coma somente uns dois ou três pedaços, saboreie-se com o enfeite, enfeites, isso mesmo,alface e tomate que dão cor e beleza ao prato, se quiser, não precisa comer cebola.

Outra coisa: gente magra, seca ou fora da linha de nutrição não arruma desespero com comida. Tem coisa mais feia que você se sentar em uma mesa e ver alguém comendo sem parar ou colocar mais do que todo mundo daquela carne que deveria dar pra todos? Além de ser falta de educação, faz parte do pensamento de que não pensa no próximo. É sério, eu já fiz isso, e penso que todos reparam. Podem não comentar, mas os olhares são pra quem cometeu esta gafe.

O lado positivo de se fazer dieta é isto, você come como magro, existe como magro, e logo depois, quando começar a vestir-se como magro, confesso, comigo nunca deu certo.

Espero que tenham gostado do texto de hoje.

Beijos

Bárbara Freitas

babinha

Anúncios

Yes, eu tenho cintura

Por Bárbara Freitas

Tem coisa mais chata que fazer regime?  Você vê todo mundo comendo comidas gordurosas e gostosas e a gente lá comendo alface, sendo que, um pé inteiro tem quase 0% de calorias. Eu quero é torresmo!A cada dois anos, pelo menos dá essa freqüência eu começo uma dieta. É que viver regrado a vida toda é um saco. Bom, comecei uma nova dieta e ás vezes radicalizo, leio de tudo, tento tudo, fico louca.  Dia desses estava na fila do supermercado e vi a chamada de uma revista escrito: Emagreci 15kg com chá verde e limão! Juro que na hora pensei: Tá, sei, se isso não for photoshop  essa mulher deve ter passado uma fome, um desejo de comer um super hambúrguer pra tá com esse corpão. Ou aconteceu ao contrário e o limão que a chupou.

6067_122650861218565_738985368_n

Uma vez fiz o regime japonês. Esse é muito legal, funciona assim: No café da manhã uma xícara de café ou chá sem açúcar, almoço 2 ovos, lanche a mesma coisa que o café e 2 fatias de presunto no jantar. Eu faltava desmaiar de fome, 5 dias assim é um suplício, mas emagreci os 5kg que o regime prometia. A mulher da revista deve ter feito ele, aí tomou chá de limão. Este regime não é indicado viu, gente?

Deixa eu contar o que realmente interessa, com a minha loucura pelo corpo perfeito, fui fazer massagem redutora. Na moral? Dá certo demais, perdi 12 centímetros de cintura… Mas, mas, senti a dor do parto. Em nome de Jesus, aquilo dói demais. Você chega, deita sorri e a massagista não tem misericórdia do seu corpinho, amassa mesmo, sem dó nem piedade. Te vira de costas, de lado, de lado de novo, de frente, e te dá uma vontade inexplicável de fazer xixi. O importante é o resultado final, gente, EU TENHO CINTURA DEFINIDÍSSIMA! Já posso participar de concurso de beleza, com medidas e tudo. Cintura é tudo! Adoro ter cintura…

Massagem-Redutora-Como-Fazer-e-Benefícios-1

Tudo perfeitinho. Já passei a me contorcer menos pra entrar na calça jeans, sabe que eu acho que até o sapato ficou mais frouxo… O momento de loucura porque o que diminui é a barriga. Mas, estou linda queridinhas.. Recomendo a massagem redutora para vocês também!

Sobre Barriga Negativa por Dilvo Rodrigues

Na primeira vez que ouvi falar do termo “barriga negativa” fiquei bastante curioso. Eu estava na rua passeando, quando duas garotas passaram conversando do meu lado. De repente, as palavras chegaram aos meus ouvidos. Antes de chegar em casa e pesquisar, fiquei supondo ou imaginando: – o que seria essa tal de “barriga negativa”? Confesso, foi difícil  demais chegar a um hipótese, digamos, lógica. Mas, sem dúvida era alguma coisa relacionada a estética corporal. No caminho para casa, fiquei reparando a barriga de todas as pessoas que passavam por mim, e me perguntava: “Será aquela a barriga negativa?”.

Na verdade, era bem mais simples do que eu pensava. É tão simples que nem existe definição de “Barriga Negativa” no Wikipédia, e aí a gente vai vendo o quão importante é o conceito para a raça humana. Mas, seria uma curvatura que aparece entre os ossos localizados na parte inferior da barriga. Essa concavidade é consequência do baixo acúmulo de gordura na região abdominal e em todo o corpo.  Descobri que o assunto virou febre quando a modelo sul-africana Candice Swanepoel divulgou uma foto da sua barriguinha no Instagram. Depois, houve uma enxurrada de fotos do mesmo perfil na rede social e no Facebook. Inúmeras críticas e comentários desfavoráveis, mas muita gente acabou ficando com inveja dos pancéps que se mostravam abaixo de zero e sem nenhum pudor.

barriga_negativa

Esses modismos que surgem do mundo fashion sempre me intrigam e me impressiona muito como as meninas normais tentam se inspirar nas modelos.  Elas desfilam com aquelas roupas malucas, o jeito de andar nas passarelas é quase impraticável nas calçadas brasileiras. Nas entrevistas, os estilistas dizem que tudo aquilo é uma tendência. Ou seja, não é para ser copiado a risca. Então, se você tem o corpo da Paola de Oliveira, dificilmente vai conseguir ter uma barriga negativa. Talvez, terá uma barriga sarada ou mesmo uma barriga positiva, o que não deixa de ter seu charme. Eu agarantio (com équio), você não vai deixar de ser desejada por Deus, o mundo e a torcida do Flamengo, inclusive.

barriganegativapositiva

Na idade média, o corpo humano, principalmente o feminino, era visto como um templo de tentações. Os teólogos diziam que as mulheres tinham mais conivência com o demônio, isso por que Eva teria sido criada a partir de uma costela torta de adão. Sendo assim, nenhuma mulher poderia ser reta (Péssima piada!). Naquele período os corpos eram gordinhos. Se você fizer uma pesquisa no Google, vai encontrar um monte de pinturas retratando os corpos gordinhos, cobertos por vestimentas brancas e leves. E até hoje, a história conta desses corpos, que na época eram o padrão de beleza. Quando a coisa é boa, fica para a posteridade.  Já viu se algum Leonardo da Vinci contemporâneo pintou uma barriga negativa?

____Dilvo Rodrigues

A verdade é que eu concordo super. E estava com saudades dos textos do Dilvo por aqui. Compartilhem com as amigas e sejam felizes. Na minha humilde opinião é o que importa.

Quem quiser conhecer um pouco mais do trabalho do Dilvo acessa aqui: http://merascronicas.wordpress.com/

Beijos beijos

CS